O potencial da energia solar no Rio: estudo será lançado no dia 26 no Planetário do Rio

Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, Revolusolar, empresas e organizações se unem para ampliar o número de empregos verdes na cidade.

Para participar do evento basta se inscrever no link: https://forms.gle/QTXjEs9hUk1nD81KA 

A Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, em parceria com a Revolusolar, está realizando um estudo inédito sobre os desafios e oportunidades do mercado de trabalho de energia solar na cidade. O panorama do setor, diagnosticado por meio de um estudo preliminar, será apresentado no próximo dia 26, às 14h, no Planetário do Rio, na Gávea. 

A partir do questionário encaminhado a empresas do segmento, será feita análise do cenário do mercado e elaborada proposta para a ampliação do uso da energia solar no Rio. As informações servirão de base para as discussões do G20 e anterior à COP, sobre o tema de transições energéticas e combate às desigualdades. 

O evento contará com um momento inicial de análise dos dados coletados sobre o mercado de trabalho de energia solar, no painel “Apresentação dos Resultados e a Perspectiva Social”, com mediação da Graziella Albuquerque, coordenadora de relações institucionais e governamentais da Revolusolar, ao lado do Allan Marchione, gerente de Empregos Verdes na SMTE, Camilla Nascimento, diretora da WIN Solar e Dinei Medina, embaixador comunitário da Revolusolar.

“Ainda há demanda reprimida para a popularização da energia solar em nossa cidade. O Rio é banhado pelo sol o ano todo, e os empregos verdes estão na pauta do dia. Em meados de 2023, a estimativa era de oito mil sistemas solares instalados em toda a cidade, com a respectiva demanda por instaladores de painéis fotovoltaicos. A expansão do setor nos permite apontar para um futuro ainda mais próspero em geração de empregos”, explica o secretário municipal de Trabalho e Renda, Everton Gomes.

Atualmente, o estado do Rio ocupa a 10° posição no ranking estadual de energia solar no Brasil. E a cidade, o 8° lugar no ranking municipal. Desde 2012, a energia solar já gerou mais de 22 mil novos empregos na região; mais de R$ 4 bilhões em investimentos estatais; e mais de 700 MW de capacidade instalada solar, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Na Cooperativa Percília e Lúcio, fundada pela Revolusolar, no morro da Babilônia, por exemplo, é possível ver as 112 placas solares fotovoltaicas da 1a Cooperativa de Energia Solar em Favelas no Brasil, que beneficiam 60 famílias da comunidade. Lá e no Chapéu Mangueira, hostels, escolas e casas são abastecidas por energia solar.

“A transição energética justa e inclusiva, de forma a combater a pobreza energética, é um dos grandes desafios da humanidade. O Brasil, especialmente o Rio, pode liderar este processo pelo exemplo. Temos aqui a 1a cooperativa de energia solar em favelas, e em 2024 a Revolusolar está expandindo nacionalmente seu modelo de energia solar social. Agora é a vez de governos e empresas se mobilizarem e fazerem sua parte. As prefeituras podem ter um papel central na transformação do setor energético, utilizando a energia solar descentralizada para benefício da população”, defende Eduardo Avila, diretor executivo da Revolusolar.

Confira a Programação do Evento:

  • Abertura 
    • Boas-vindas, apresentação do evento, explicação sobre a gerência de empregos verdes da SMTE e do propósito do evento
    • Visão geral da parceria entre Revolusolar e a SMTE 
  • Apresentação dos Resultados e a Perspectiva Social 
  • Mediadora: Graziella Albuquerque, Coordenadora de Relações Institucionais e Governamentais da Revolusolar 
    • Apresentação e análise dos dados sobre o mercado de trabalho de energia solar
    • Destaque para descobertas importantes e tendências identificadas
    • Allan Marchione, Gerente de Empregos Verdes SMTE
      • Importância da pesquisa para o setor de energia solar e para a cidade do Rio de Janeiro
    • Camilla Nascimento, Diretora da WIN Solar
      • Discussão sobre a participação das mulheres no setor de energia solar
    • Dinei Medina, Embaixador da Revolusolar
      • A importância da energia solar social nas comunidades 
  • Oportunidades de Desenvolvimento Social e Geração de Empregos Verdes com Energia Solar 
    • Mediador: Eduardo Avila – Diretor Executivo da Revolusolar
    • Everton Gomes, Secretário Municipal de Trabalho e Renda
      • Discussão sobre o impacto da pesquisa para diferentes partes interessadas (empresas, governo, etc)
    • Lucas Padilha – Presidente do Comitê do G20 no RJ
      • Importância dos empregos verdes e energia solar no âmbito do G20
    • Marcelo Ramos – Profissionais do Futuro GIZ 
      • Visão sobre empregos do futuro e como a GIZ contribui nesse tema com governos 
    • Ilan Cuperstein – Diretor Regional para América Latina C40 
      • Papel das cidades no fomento aos empregos verdes 
  • Encerramento 
    • Entrega dos certificados para empresas 
    • Agradecimentos e convite para futuras colaborações
plugins premium WordPress
Bu saytdakı bəzi oyunlar hətta Mostbet onlayn kazinonun rəğbətini qazandığı üçün Populyar Oyunlar kateqiyasında da yer tutub. 1win Tətbiqdə qeydiyyatı tamamladıqdan sonra avtomatik başlanğıc etmiş olursunuz. 1win aviator Bu ağıllı kart oyununda başqa oyunçulara düzəngah oxuyun və bacarıqlarınızı nümayiş etdirin. 1win azerbaycan Yalnız statusa və xidmətin sürəkli müddət işlədiyinə etibar görmək olmaz. 1win